Produtos Taxados na Alfândega

A cada dia que passa tem se tornado mais comum os brasileiros realizarem compras nos Estados Unidos ou em outros países do exterior. Um ícone que facilitou esse aumento do consumo foi o e-commerce, que possibilita a compra de N produtos, com entrega em terras brasileiras.

Porém, apesar dos produtos com preços atrativos, o consumidor deve ficar atento quanto às tributações aplicadas já em terras brasileiras. Muitas pessoas esquecem que, além do frete a ser pago para o envio do produto do país de origem ao Brasil, há ainda os custos dos impostos.

Produtos Taxados na Alfândega

Existe uma regrinha básica: toda e qualquer compra declarada acima de 50 dólares será taxada. Além disso, produtos que são transportados por couriers (serviços de entrega particulares, dentre eles o Fedex e a DHL), também serão taxados.

Há uma dica muito utilizada para se tentar evitar a tributação, mas que merece atenção – já que só vale para alguns casos: quando o vendedor “pessoa física” enviar um produto e declará-lo como ”gift”, a tributação pode não acontecer. Mas essa regra só vale para compra e venda entre partes ”pessoa física”. Lojas/Pessoas Jurídicas não entram nesta regra.

Quando a mercadoria entra no Brasil, ela passa pela alfândega. Lá é que será aplicado ou não o ”taxamento”. Caso você seja taxado, você receberá um aviso dos Correios Brasileiros, contendo o valor total das taxas, que deverão ser pagas no momento da retirada do produto, na agência. Caso o produto não seja taxado, a entrega é feita diretamente na sua casa.

O valor das taxas segue um cronograma simples: é cobrado o imposto de importação, que incide em 60% o valor da mercadoria, acrescido da alíquota do ICMS (caso seja enviado de pessoa jurídica). O ICMS varia bastante de estado para estado. No caso de São Paulo, é de 18%.

Há ainda uma outra dica: pode acontecer da conferência na Alfândega ser realizada por amostragem, dependendo do volume de pacotes parados. Então, pacotes maiores e mais vistosos certamente chamam mais atenção do que pacotes e envelopes pequenos, os quais podem passar desapercebidos.

Uma regra geral deve ser utilizada: esteja atento às compras no exterior e, no momento da compra, já calcule os impostos a serem pagos, junto ao pedido. Isso evita surpresas na hora do recebimento do produto!

Leia também:

  1. Comprar com Garantia Estendida
  2. Produtos para Remover Maquiagem dos Olhos
  3. Produtos para Remover Maquiagem Definitiva
  4. Melhores Produtos para Remover Maquiagem
Publicado por Tatiane na categoria Dicas no dia outubro 10th, 2012.

2 Comentarios »


You can leave a response, or trackback from your own site.

2 Comentarios to “Produtos Taxados na Alfândega”

  1. Bom artigo! Me tirou várias dúvidas! Parabéns e obrigado! :)

  2. tavo com duvidas sobre este empostos obrigado pela dica esse mercado direto e confiavel obrigado

Deixe seu comentario: