Usina de Belo Monte atingirá 9.000 famílias além do anunciado

Segundo estudo realizado pela universidade Federal do Pará a pedido do Ministério Público Federal, a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte deverá atingir 9.000 pessoas a mais do que o anunciado pela Norte Energia. Essa diferença ocorreu, devido à utilização de pontos topográficos desatualizados usados pela empresa contratada pela Norte Energia, gerando uma diferença de 90 cm a mais de elevação do nível do Rio Xingu, aumentando de 5.400 para 7.400 o número de prédios atingidos. Consequentemente a conta aumentará, devido à indenização que deverá ser paga para mais essas 9.000 famílias. A Norte Energia se defende afirmando que não há erro de projeção em relação à área alagada.
Mas devido aos históricos de subestimação de danos sociais e ambientais na construção de outras hidrelétricas, o Ministério Público vai exigir que sejam incluídas essas famílias na lista de indenizações, caso o consórcio se recuse a incluí-las, o MPF deverá ingressar com uma Ação Civil Pública.
Se confirmada essa será a 15ª Ação Civil Pública contra o consórcio responsável pela construção da Usina de Belo Monte.

Publicado por Alex na categoria Ecologia, Notícias no dia março 14th, 2012.

Clique aqui para Comentar! »


You can comente, or trackback from your own site.

Deixe seu comentario: